C&A e as redes sociais

cea10

A C&A é a maior rede de lojas de departamento do Brasil. Presente no país a mais de 30 anos e atualmente operando com mais de 220 lojas em 101 cidades. Mas o enfoque vai para o seu site,  cujo a meta é repassar para o público todas as novas coleções, como também todas as peças disponíveis para a venda nas suas lojas. Sendo também o mediador para as quatro redes sociais utilizadas pela empresa: facebook, twitter, youtube e Instagram.

cea4cea1cea2 cea5

A empresa possui um sistema de gerenciamento de conteúdo para as redes socais, uma vez que seus postes são quase que diários. Não se sabe ao certo se existe uma equipe contratada somente para essa função, mas pode-se afirmar que a empresa sabe gerenciar bem as suas postagens e tem uma boa organização sobre o seu conteúdo vinculado.

Sua interação com um público pode ser considerada relevante. A C&A não curte nem um conteúdos publicados por seguidores na sua fan page na plataforma facebook. Qualquer pessoa pode publicar, uma vez que as mensagens foram programadas para receptores globais, mas eles são seletivos para responder determinadas perguntas. Perguntas que podem ser respondidas facilmente, direcionado o individuo a algum numero de atendimento é rapidamente respondida.

cea6cea7

Já o Twitter essa interação de pergunta e resposta com os seguidores dessa plataforma é dada de forma mais direta e menos seletiva. Perguntas envolvendo preço, comentários sobre as peças, propaganda vinculada, enfim, a grande maioria parece ser respondida de uma forma mais interativa com o cliente.

O conteúdo gerado nas redes socias mudam conforme a plataforma. Em seu Instagram e facebook o uso de imagens são prioridades. São divulgadas as peças atuais e as novas coleções que estão por ser lançadas. Já o seu canal no youtube está direcionado para os VT’s publicitários e making of’s dos mesmos. E por fim o Twitter que tem como base linkar os seguidores e direcioná-los para as outras mídias ou o próprio site.

1460277_783669114993403_1132716079_n 1469835_784152244945090_60530240_n

No Facebook a C&A possui alguns aplicativos agregados a sua fan page e boa parte dos mesmo são para que haja uma interação da empresa com o internauta. O Do Meu Jeio deixa a capa do seu facebook mais moderna e fashion com desenhos ilustrados das vendidas na loja. Possuem também os aplicativos Fashion Like e o Poderosa do Brasil, o primeiro não foi possível ter acesso e o segundo é necessário que o cliente deixe o aplicativo acessar as suas informações.

cea8

Não identifiquei nem uma ação promocional da empresa na sua fan page ou demais redes sociais. Talvez seja pela dimensão da empresa, uma vez que a mesma não é de origem brasileira e devido ao grande número de seguidores não seja possível fazer uma promoção que não acarrete em prejuízo para a empresa.

A C&A divulga todos os eventos “offline” no facebook. Divulgação com banners e fotos do dia dos eventos é fundamental para a empresa provar a veracidade do evento para os seus seguidores. Dessa forma a mesma consegue divulgar e cativar as pessoas presentes no evento e público afins.

1424564_780815495278765_1834252552_n524729_780935298600118_342537023_n

Há também no seu facebook dois links diretos para demais redes sociais. Um direciona o cliente para o Instagram da empresa e o outro leva para outro site, dentro da plataforma da C&A, cujo o objetivo é criar um perfil e perguntar que look é ideal para determinados momentos. Com Que Look Eu Vou permiti que qualquer usuário pergunte e seja respondido de imediato pela consultora da coleção atual divulgada pela empresa.

cea9

Apesar de ter uma relação não muito afavel com os seus seguidores, a C&A aposta em uma relação mais simples e não muito afetiva com seus clientes nas redes sociais. Seu perfil está voltado mais para a divulgação das suas peças e eventos produzidos pela mesma, sendo alguns poucos pontos que ainda fazem com que a empresa tenha uma relação, mesmo que pequena, com seu consumidor.

Fichamento – Publicidade Online no Brasil

REFERÊNCIA: 

MONTENEGRO, C. A.. Estudo comparativo da eficiência da publicidade online no Brasil. Uma introdução aos Estudos Culturais. Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 3 , dez. 2007. Disponível em:<http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/5504> Acesso em: 03/12/2013

METAS:

O texto aborda de forma clara os meios utilizados pela publicidade, dentro do campo da tecnologia online, para agregar rentabilidade e visualização para empresas que utilizam dessa gama publicitária. Separando as possíveis plataformas para almejar esse objetivo a fim de passar para o leitor o conteúdo necessário para a melhor escolha de um formato online.

HIPÓTESES FUNDAMENTAIS: 

Qual a melhor formato para utilizar na sua plataforma? É essa pergunta que o autor vai te responder durante todo o decorrer o texto. Tentando deixar claro e muito objetivo os prós e contras de cada formato.

ARGUMENTAÇÃO  CENTRAL:

 “Hoje em dia, existem literalmente dezenas de formatos de publicidade online que podem ser utilizados para a divulgação de produtos e serviços.”(p. 38)

“Para  melhor  diferenciar  as  características  inerentes  aos  formatos apresentados,  estes  serão classificados  em  três  categorias:  display  advertisement,  search  engine  marketing,  ou simplesmente searche E-Mail Marketing.” (p. 38)

“Os principais formatos de display advertisement utilizados atualmente no Brasil são: o  banner, o pop-up/pop-undere o interstitial, além de suas variações.” (p. 38)

“No modelo de display advertisement, o anunciante paga pela exibição do seu anúncio.” (p. 38)

“A ação mais comum ao se clicar em um banner é ser levado para o site da empresa anunciante para que o consumidor obtenha maiores informações sobre o produto ou serviço anunciado.” (p. 38)

“Os pop-upssão anúncios exibidos em janelas independentes, menores do que a janela padrão do browser,  que  se  abrem  automaticamente  sobre  a  janela  padrão  de  navegação  quando  o internauta visita determinada página.” (p. 40)

“Outra versão deste tipo de anúncio é o chamado  pop-underou  pop-behind, que, ao contrário dos  pop-ups, abre uma janela atrás da janela padrão de navegação.” (p. 40)

“O  interstitial é um tipo de anúncio que  aparece  na tela do usuário  enquanto o conteúdo da página  está  sendo  carregado.” (p. 41)

“. Assim como o interstitial, o superstitial é exibido no período em que  o  usuário  está  navegando  de  uma  página  para  outra,  sem  atrapalhar  a  visualização  do conteúdo da página.” (p. 41)

“O  search  engine  marketing é  uma  modalidade  de  marketing  online  que  busca  promover websitespor meio de uma maior visibilidade em páginas de resposta de mecanismos de busca como o Google e o Yahoo.” (p. 42)

“No modelo de links patrocinados, o anunciante paga somente quando o usuário clica no seu anúncio, e não pela exibição como nos formatos de display advertisement.” (p. 43)

“O E-Mail Marketing é a versão eletrônica da mala direta tradicionale, portanto, necessita de uma lista de destinatários para a mensagem.” (p. 46)

“A  conclusão  deste  estudo  em  particular  é  que  se  deve  utilizar  mídia  do  tipo  display para aumentar a consciência de marca ou para reforçar a imagem da marca perante uma audiência de massa.  Linkspatrocinados, ainda segundo este mesmo estudo, devem ser utilizados para atingir  consumidores  que  estejam  procurando  pelo produto  que  você  tem  a oferecer” (p. 48)

JUIZO:     

A publicidade vem se moldando a tecnologia e tomando o seu lugar de destaque perante o universo online. O autor destacou os principais formatos utilizados para a divulgação de empresas em portais brasileiros e como o poder de persuasão em cima das características de cada um conseguem atingir o receptor.

A primeira categoria citada no texto é o Dispay Advertisement, que tem como base anúncios publicitários, exigindo uma gama de objetos de comunicação visual, como imagens, ilustrações, etc. Como também recursos multimídia ou até mesmo utilizar de uma estrutura estática ou animada, ou seja, vai além de uma simples imagem posicionada em um canto de um site ou plataforma online. Por fim o CPM calcula o valor gasto para investir nessa nova mídia e exibirá o anúncio conforme o número de vezes escolhido pelo divulgador.

O primeiro formato dessa categoria aborda o Banner, cuja funcionalidade foi à pioneira na utilização da publicidade online. Mas apesar de levar o usuário de o clica para o site principal da empresa, seu alcance não atinge a taxa de 1%, considerando então essa ferramenta um uso não muito viável para a comunicação de grandes instituições. Mas o mesmo é de fácil uso, pois sua visualização pode ser rápida e precisa em diversos computadores, não importando o seu sistema operacional.

A IAB (Internet Advertising Bureau) é o órgão que estabelece padrões de uso da publicidade online formado por agências do ramo. É ele também que define os tamanhos dos anúncios que podem ser vinculados nas páginas, este variando de 468x60cm (Full Banner) até o menor de 88x31cm (Micro Banner).

Pop-Up e Pop-Under, são formatos de janelas que aparecem sem que o usuário clique em algum link do site. Cada uma apresenta uma forma distinta de se apresentar para o internauta. Enquanto o Pop-Up é uma janela independente que abre na frente da página quando o usuário adentra em algum site específico, sendo esta adepta a padrões pequenos; o Pop-Under aparece atrás da página utilizada, ou seja, outra página é anunciada e muitas vezes o usuário só percebe a sua presença até que encerre as suas atividades e feche a página utilizada.

O maior formato com taxas de cliques e direcionamentos para a página do conteúdo é o Interstitiale. Este por sua vez, anuncia enquanto a página solicitada pelo internauta está carregando, ou seja, a mensagem será repassada independente se o mesmo deseja recebe-la ou não. Tendo uma semelhança no formato de propaganda, o superstitial também é um formato onde o usuário visualiza o conteúdo enquanto passa de uma página para a outra. Porem, este por sua vez permite que a propaganda seja carregada e só vinculada após todo o carregamento, evitando chiados na comunicação.

A segunda categoria é o Search Engine Marketing, consiste em aumentar a visualização do seu site através de respostas em mecanismos de busca rápida, ou seja, se pessoas procuram produtos ou serviços que estão relacionados ao seu comércio, estes serão encontrados ao pesquisar no google, yahoo, entre outros. Os links patrocinados é a ferramenta chave utilizada nessa categoria para o encontro rápido da sua página.

O E-mail Marketing é a terceira e última categoria que tem como função o envio de mensagens (e-mails) publicitárias direcionadas para um grupo de clientes específicos. Ele é diferenciado porque pode-se utilizar de recursos visuais, como também multímidia, aumentando assim a lista de visualizações por ser algo interativo.

Autor: Jenival dos Santos Junior

Chamando a sua atenção (Publicidade na internet)

Imagem

A Nina Ricci optou por um banner estático. Ele estava fixo no site da Elle, logo a cima do conteúdo apresentado pelo site. Sua visualização era fácil, ou seja, todos os internautas que adentrassem teriam uma visão central e imediata para o banner.Ao clicá-lo, o mesmo direcionava para o site principal da marca.

Fonte: http://www.elle.abril.com

Imagem

Imagem

Banner Interativo permite que o internauta brinque com a campanha passando o mouse. Esse foi o caso da campanha do Valentino Valentina, no site de moda Vouge. Ao direcionar o cursor e posicioná-lo a cima da imagem, ela se estendia e aos poucos a imagem ia se ampliando, revelando a modelo e por fim adentrava letterin do perfume. Claro que também direcionava o internauta a página principal ao clicar em Descubra.

Fonte: http://www.vouge.globo.com

ImagemImagem

Pop-Up, trata-se de uma janela independente de propaganda que aparece a frente da janela principal de navegação ao adentrar em algum site. Esse é com animação, convidando ao internauta a clicar e assistir um relato real da empresa em um vídeo publicado no canal Youtube. Apesar de ser algo que aparece automaticamente, alguns não costumam ficar anexadas a tela e somem antes do próprio internauta fechar, foi nesse caso que demorou somente um minuto. A marca do Correios só aparece no final da última transação de imagens, talvez um problema a ser averiguado pela empresa, uma vez que o anúncio pode ser fechado antes mesmo da sua assinatura.

Fonte: http://www.g1.globo.com

Imagem

Imagem

Esse banner está localizado na parte central de um site. Trata-se de um banner animado que dá a sensação de movimento do veículo dentro do pequeno quadrado. O texto dança dentro da arte de um lado para o outro e o nome Hilux está sempre visível como a palavra de destaque. A mensagem de chamara para adentrar no site e descobrir o que é ter uma Hilux. A assinatura então entra no ar, tendo em vista que a Toyota soube utilizar todos os espaços e passar a mensagem de maneira direta, mesmo que para saber o internauta tenha que adentrar no site.

Fonte: http://www.globo.com

Imagem

O e-mail marketing em questão foi enviado pela Avast. Ele é interativo, cheio de imagens e links para que o receptor não tenha o trabalho de localizar todo o conteúdo no próprio site, ao invés disso, ele é direcionado para o mesmo sem ao menos ter o trabalho de abrir o navegador.

Dafiti: moda x site

A dafiti é uma das maiores empresas de varejista online voltada para vestuário. Foi fundada em 2011 e desde então vem se consolidando no mundo virtual, tendo como base a confiança e a fidelidade dos seus clientes. Mas têm em seus sites problemas visuais que podem ser remodelados para a melhor visibilidade e acessos dos internautas.

Tomando como base os requisitos relacionados à exibição da informação e entrada de dados, embasadas no texto de Bacellar e César (2003), alguns pontos são de extrema relevância para o estudo do site em questão.

  • CONSISTÊNCIA

Apresentação Visual: O site possui um layout simples, mas muito difícil de entender. Começando pela barra de funções inicial que vem a cima, bem escondido, não tendo uma visibilidade muito favorável para quem deseja entrar como cliente ou cadastrar-se como um. Tendo também pontos como o Prazo de Entrega, Ajuda e Chat, itens fundamentais para os novos usuários que desejam saber como funciona o sistema do site.

Outro ponto relevante é a divisão de setores, que vem no home do site sem uma divisão seqüencial e a grande quantidade de imagens que são repassadas a fim de chamar a atenção do leito, mas acaba dando uma visão robusta e uma grande quantidade de informação para o site.

Imagem

Uso adequado da combinação de cores: as cores utilizadas pela dafiti são o azul (toda a planilha de cores derivadas do azul marinho), preto e cinza. A variação dos tons azuis marinhos seja o seu diferencial, não deixando o site muito rebuscado e chamativo, dando destaque para as peças vendidas. Seu único ponto negativo seria a utilização do laranja na barra de Busca, na seleção dos ícones acima da mesma barra e o vermelho de Liquidação. Talvez para diferenciar e chamar a visão do leitor para os principais pontos, mas não deixando de ressaltar que a utilização fugiu dos padrões de cores que a empresa pretende passar como todo o layout.

 Imagem

Comportamento Inesperado: esse item não se aplica ao site.

Feedback: a empresa apresenta um sistema de comunicação direto do cliente, que se dar através de um Chat online com um dos atendentes. Maiores informações não puderam ser aprofundadas sobre esse assunto.

Uso de recursos visuais: a dafiti utiliza de ícones com palavra em caixa alta e palavras com uma única letra maiúscula e as demais minúsculas. Não foi identificado nem uma palavra que não apresentasse o mesmo padrão no local que foi posicionado. Um exemplo seria a barra de menu, que apresenta todas as palavras em caixa alta sem nem uma alteração na grafia. Em relação a alguns ícones utilizados, todos apresentam um padrão de conhecimento, só inovando no carrinho de compra, que a empresa optou por colocar uma caixa com a logo da empresa.

Imagem

Percepção humana: a não ser que haja uma alteração do próprio usuário no seu navegador, o usuário não pode, no próprio site, aumentar o tamanho das suas fontes. Há um problema no sistema do site por possuir letras com tamanhos minúsculos e que se deparados com alguém que tenha dificuldade de leitura, migre para um site que tenha uma visibilidade maior.

Metáfora: o uso do ícone caixa ao invés de carrinho dificulte no entendimento do internauta, uma vez que ao lado se descreve graficamente “carrinho”. Essa utilização de outro desenho e a nomeação de um outro ícone, faça como que o usuário se sinta perdido e talvez desista da compra por não localizar o objeto sugerido pela grafia. Por isso, conclui-se que não se deve alterar o significado de alguns itens já padronizados pelo comprador.

Classificação funcional dos comandos: a barra de menu está um tanto desorganizada, uma vez que o site apresenta duas barras superiores e uma barra vertical. A dificuldade na leitura é enorme, uma vez que a barra lateral não está escondida em tópicos, mas aberta e destrinchadas com todos os subi tópicos e uma vasta quantidade de informação jogada para o receptor. Já a barra superior, que contem o mesmo conteúdo da vertical, está dividida em categoria de produtos que levam para uma interface idêntica a home que também deixa o internauta perdido de onde está e como prosseguir.

 ImagemImagem

Manipulação direta: ela está presente em alguns pontos distintos, não muito chamativos que elevem ao cliente a consumir o produto. Um diferencial da Dafiti seja esse, pois sua manipulação direta está menos expressiva.

Imagem

Pontos de atenção: a dafiti tenta ao máximo chamar atenção dos seus clientes, principalmente para descontos relâmpagos ou para novos usuários. Os mais chamativos são: a janela fantasma que surge na abertura do site e a barrinha azul no canto central direito. Ambos tentam chamar atenção do cliente para adquirir o desconto e consequentemente comprar os produtos.

  •  ENTRADA E DADOS

Todo o sistema funciona perfeitamente. Da compra até a finalização, você tem que fazer um cadastro com um e-mail pessoa e dados pessoas. Depois disso, sua compra é efetuada e você escolhe a forma de pagamento. Não tem nada de muito complicado nessa recepção de dados.

 Imagem

  • CONCLUSÃO

Apesar dos problemas visuais do site, a Dafiti é um ótimo site para compra de roupas e calçados. Tanto da moda masculina, como da moda feminina. Talvez com a modificação desses problemas, seu desempenho, assim como a sua venda, aumentem simultaneamente.

Referências: BACELLAR, Simone. CESAR, Julio. Avaliação da usabilidade em sistemas de informação: o caso do sistema submarino. RAC, v. 7, n. 2, Abr/Jun, 2003.

“Dica do Modinho”